sábado, 14 de julho de 2012

Licença Concedida: Linhão Vem Aí

O Secretário Estadual de Ambiente, Carlos Minc, e a Presidente do Instituto Estadual do Ambiente (INEA), Marilene Ramos, apresentaram a LI (Licença de Instalação) para as obras de expansão do metrô na Zona Sul do Rio de Janeiro.

As Exigências:
1) Ipanema:
Bairro ganhará 400 mudas de árvores a serem plantadas até 2016.

2) Estação Nossa Senhora da Paz (foto):
Vai sair do papel. Em vez das 113 árvores serem transplantadas, muitas delas terão que ficar na praça e apenas 77 serão transplantadas. Nenhuma loja ou comércio poderá funcionar nesta estação. Os acessos à estação não poderão ser dentro da praça. O aspecto recreativo da praça terá que ser mantido.

3) Bicicletários:
Todas as estações da Linha 4 terão biciclietários.

4) Estação Gávea:
Terá que ser construída em dois níveis, ou seja, para receber duas linhas de metrô.

5) Outra Linha de Metrô:
Outra linha de metrô terá que ser construída na Zona Sul entre os bairros de Botafogo, Humaitá, Jardim Botânico e Gávea. O metrô não passará por trás do Parque Lage, nem por cima da Rua Jardim Botânico, porque isso afetaria os lençóis freáticos. O metrô passará por baixo da Rua Jardim Bot
ânico. O estado tem seis meses para apresentar o projeto completo.

Nota Oficial do Governo:
1) Acesso pela Lagoa:
O Governo do Rio de Janeiro estuda construir um novo acesso à Estação General Osório pela Lagoa.

2) Nova Linha de Metrô:
O estudo sobre a nova linha de metrô será divulgado em Dezembro. O trajeto estado confirmou que ligará a Gávea ao Centro via Jardim Botânico, Humaitá, Botafogo e Laranjeiras. A licitação deverá ocorrer em meados de 2014 e a obra só ficará pronta após 2016.

Comentário do Blog:
O projeto licitado em 1997, chamado de Linha 4, será feito após a Linha 4 do atual governo. Inclusive, ele pode aprovietar os estudos dos anos 90 para anunciar em Dezembro a obra que fará. Na prática, vão acabar tendo que mudar as linhas de número, pois a Estação Gávea será feita em dois níveis. Ou seja, a Linha 4 original voltará a ser a Linha 4 e a Linha 1 circular será construída até a Gávea, restando apenas concluir o trecho Gávea - Uruguai.

Medo do Blog:
Que utilizem a plataforma construída para a Linha 2 na Estação Carioca para a Linha 4 e que haja uma baldeação desnecessária na Estação General Osório. Teremos mesmo que mudar de trem para seguirmos em linha reta, na mesma linha?

Fonte da Foto: O Globo.

34 comentários:

  1. A notícia não é toda ruim, porque:
    1) vai haver a estação na N. S. da Paz, que fundamental para o bairro;
    2) a estação gávea vai ser em dois níveis, o que tenderá a conclusão da linha 1 circular num futuro qualquer.

    Mas a notícia ainda é ruim porque:
    1) a estação Gal. Osório será desativada e muita grana vai rolar para reconstruir uma outra plataforma.

    2) provavelmente, pelo menos num primeiro momento (que poderá levar décadas!), havera necessidade de transbordo para seguir numa mesma linha.

    3) a futura Linha 4 (ou seja qual for o nome dado até lá) não vai chegar tão cedo ao centro.

    O ideal, na minha humilde opinião, é que a tal linha 4 (vamos chama-la assim) devesse seguir de Laranjeiras para a Lapa e de lá para a Pça. Tiradentes, por de baixo da Av. Paraguai, e talvez de lá seguir para a central por debaixo da av. Passos, "cruzando" com a Linha 1, por baixo.

    Mas estamos falando de Rio de Janeiro, Cabral... vai ser difícil...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu concordo com as boas e más notícias.

      Só não podemos confundir a Linha 2, que um dia será feita no Centro, com a Linha 4 no Centro.

      Excluir
    2. Galera, só não entendi uma coisa. Dizem por aí que, depois de todas essas obras, a linha 2 vai ser pavuna - Gal Osório e a linha 1 vai ser Uruguai - Jardim Oceânico. Então como o trem da linha 1 vai entrar na linha 4?

      Excluir
    3. Flávio: até Sérgio Cabral ficar no poder a Linha 2 vai ser Pavuna - Botafogo; a Linha 1 Uruguai - General Osório e a Linha 4 General Osório - Jardim Oceânico.

      O trem da linha 1 vai entrar na linha 4 seguindo em frente.

      Excluir
  2. Eu acho a maior idiotice levar a linha 4 até o Centro pois vai criar uma linha paralela a linha 1 e vai gastar muito, o certo era ela ser levada para Botafogo e depois para a Urca.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E exclui Laranjeiras do metrô? A Linha 4 até o Centro não é paralela.

      Excluir
    2. Acho linhas paralelas extremamente válidas. Se houvesse uma linha paralela de Ipanema até o centro, passando pelo Leme, Urca, Aterro, Aeroporto, Praça Mauá e indo até Rodoviária pelo menos, não só desafogaria a Linha 1, que será inundada de pessoas advindos da Barra, como finalmente levaria o metro até o Santos Dumont e a Rodoviária.

      Excluir
    3. Rafael, claro que são válidas. Em Copenhague e NY, eles usam linhas paralelas para trens expressos, que param em menos estações mas vão ao mesmo destino. Só não sei se seria a prioridade para o metrô do Rio no momento. Acho mais importante fazerem a Linha 1 circular e concluir a Linha 2 por exemplo.

      Excluir
    4. Miguel, conheço o Metro de NY e e exatamente nele que me inspirei. Mas ao contrário de lá, não dá para fazer linhas paralelas aqui correndo pelos mesmos trilhos (como fizeram aqui com a Linha 2 nos trilhos da 1) e intercalando estações. Em NY as estações que servem a mais de uma linha têm três trilhos, as vezes quatro, sendo que dois servem as plataformas de embarque e desembarque, e os outros para os trens que não param ali passarem direto.

      Excluir
    5. Exatamente! Em Tóquio, Copenhague e outros também.

      Excluir
    6. Só que o Metrô saindo da Rodoviária novo Rio até o Aeroporto Santos Dumont (SDU) é o projeto original da linha 3 do metrô e eu não consigo entender esse governador que ao invés de construir o metrô ele prefere construir o VLT com o mesmo trajeto.

      Sobre a linha 01: esta faltando construir o lote da estação Passeio na Praça Paris e as estações Rua do Matoso e Farani.
      Sobre a linha 2: Esta faltando construir as estações Herédia de Sá e Jacarezinho.

      Excluir
  3. Rafael, Não existe projeto de uma linha do Leme até o Aeroporto, mas do Aeroporto até a rodoviária existe a linha 5 que vai até a Ilha do Governador, mas a linha 5 foi esquecida pelo governo e deve voltar a ser comentada lá para 2030.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Então, Matlin, o que eu disse foi a expressão de um desejo dessa linha existir, saindo lá do fim de Copa, por baixo da av. Nossa Senhora de Copa, passar por de baixo do morro da Babilônia, passar pela urca, pelo Rio Sul, seguir pelo aterro, com algumas estações (Praia de Botafogo, Paissandu - Flamengo...) até o aeroporto, e de lá para a Praça XV, Praça Mauá, Cidade do Samba e Rodoviária.

      Excluir
    2. Rafael: os estudos que li apontavam para uma outra linha na Zona Sul passando por Urca, Botafogo (uma nova plataforma), Real Grandeza, Princesa Isabel (antiga estação da Linha Prioritária), Constante Ramos (antiga estação da Linha Prioritária), Arpoador e Praça Nossa Senhora da Paz.

      Só não acho que isso seja prioridade.

      A Linha entre aeroportos, Fundão, Rodoviária e Carioca era a Linha 5, prometida para o Pan.

      Excluir
  4. O MetroRio, bem como todo o sistema de transporte coletivo e de massas no Rio comparado aos sistemas integrados de metrô, trens, bondes (VLT) e ônibus das cidades alemãs e austríacas que conheci (Berlin, Munique, Frankfurt e Viena) deixariam todos vcs super-deprimidos.

    ResponderExcluir
  5. Miguel por quê não procura mais notícias de linha 5 para postar nessa madrugada de sábado que vem?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Matlim: não há mais notícias sobre isso. Era um projeto para o Pan. Está paralisado. Até as Olimpíadas só teremos a Estação Uruguai da Linha 1 e a Linha 4 do Cabral. Temos que aguardar a próxima eleição.

      Excluir
  6. NÃO HAVERÁ TRANSBORDO NA GAL. OSÓRIO! Está bem claro nos estudos da Linha 4, feitos pela FGV, que as possibilidades operação serão:
    -Linha 1: Uruguai - Gávea
    -Linha 2: Pavuna - Gal. Osório
    -Linha 4: Uruguai - Jd. Oceânico (via bypass, i.e., não passará na Gávea)
    -Linha 4A: Jd. Oceânico - Gávea

    Procure ler o estudo de carregamento e impacto da Linha 4 no sistema, feito pela FGV. Inclusive, ele deixa claro que a praça Ns. da Paz será preservada, que a Gávea em 1 nível não impossibilita a expansão futura, há uma simulação de funcionamento da linha (simulado com o sistema de sinalização errado, mas fazer o quê? Ao menos simularam algo) e o motivo do fechamento da Gal. Osório para as obras (apesar de não expor números). O estudo foi falha ao omitir, propositalmente, os dados de carregamento e impacto no sentido Norte - Sul, omitindo o "efeito Central do Brasil" e ignorando a existência da SuperVia.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. DEFENSOR DO LINHÃO DO CABRALZÃO DETECTADO!

      Excluir
    2. As empreiteras e os corruptos (não estou dizendo que há corruptos) vão ganhar dinheiro com as obras. Por que pelo menos não fazem as obras certas?

      Excluir
  7. Se não há necessidade de transbordo em General Osório, por que estão construindo outra estação?

    ResponderExcluir
  8. Por que nao simplesmente eles continuam a linha 1 em direçao à gávea para somente a partir daí se inicia a linha 4 afinal? E outra, por que nao fazem logo a estaçao sao joao fazendo uma ligaçao com o shopping rio sul?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Porque não quiseram desapropriar um prédio em Ipanema. Leia isso no blog.

      A Estação Morro de São João será feita após a conclusão da Estação Uruguai se a concessionária quiser. É o que diz o contrato de concessão.

      Excluir
  9. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  10. O DESgoverno Cabral está construindo as "Trans" no lugar onde deveriam estar as linhas de Metrô! Até pode ser válida se realmente tudo ficar pronto até 2014 e 2016 e depois transformar em Metrô, mas duvido muito... TransOeste foi inaugurada a um tempo e já está com problemas de lotação!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. superlotação como previsto! Se Curitiba não agüentou 10 anos, o que dirá o Rio.

      Excluir
    2. E a Transbrasil que nem saiu do Papel ainda!

      Excluir