terça-feira, 29 de março de 2016

Fotos Inéditas da Estrutura da Estação Carioca 2

Repare nas paredes, no piso e no teto. Claro que falta o acabamento mas a estrutura está toda construída.



terça-feira, 22 de março de 2016

Dúvidas para o Secretário de Transportes

Muitos internautas querem tirar algumas dúvidas do Secretário Estadual de Transportes, caso a obra de conclusão da Linha 2 Centro saia do papel,

1 - Quais os planos do Estado para a Estação Cidade Nova?
O ex-Secretário Estadual, Carlos Osório, tinha respondido que a Estação Cidade Nova será mantida e que alguns trens continuarão saindo da Estação Pavuna em direção à Estação General Osório I, via Estação Cidade Nova. Do ponto de vista lógico não faz sentido nenhum, pois a Linha 2 independente economiza quatro minutos de tempo do passageiro, além dele ser formado por oito carros, dando mais conforto ao passageiro. Alguns ainda podem alegar que a Estação Cidade Nova serviria a quem trabalha no prédio da Prefeitura, só que a Estação Estácio fica mais próxima do que a Estação Cidade Nova.

2 - O método de escavação será o tatuzão?
Nos anos 80, o trecho começou a ser escavado por um tatuzão, bem menor que o tatuzão comprado pelo Estado. Quando se moveu, o tatuzou causou danos em alguns imóveis. Apesar disso, o ex-Secretário Osório tem repetido que utilizará o tatuzão. Talvez seja uma resposta política, pois o Estado gastou uma fortuna comprando esta máquina. Se precisa de uma resposta política, que utilize o tatuzão para fazer o túnel entre a Estação Gávea e a Estação Uruguai e deixe o trecho entre a Estação Estácio e a Estação Praça XV para o cut & cover.

3 - A Estação Praça XV terá a profundidade necessária para no futuro se conectar com Niterói?
Essa é a resposta que todo morador de Niterói e São Gonçalo quer saber. O Secretário tem dito que sim, até porque o projeto original previa a Linha 2 até a Estação Praça Araribóia. Vamos aguardar o projeto técnico.

terça-feira, 15 de março de 2016

Fotos Inéditas dos Acessos à Linha 2 na Estação Carioca

Dando seqüência às fotos ainda não reveladas...subindo cada escada destas seria possível desembarcar na Estação Carioca vindo pela Linha 2. Os acessos foram construídos para receber passageiros da plataforma da Linha 1 vindo da Estação Glória, passageiros da Linha 1 vindo da Estação Uruguaiana, receber passageiros diretamente do mezanino e levar passageiros diretamente para o mezanino. Isso tudo nas na extremidade sul (avenida Rio Branco) e centro da estação. A extremidade na ponta da Avenida República do Paraguai não ficou pronto.








quinta-feira, 10 de março de 2016

Bondes Contra a Mobilidade na Zona Sul

O primeiro transporte de massa implantado no Rio de Janeiro eram os bondes puxados por burros. Posteriormente, eles foram substituídos pelos bondes elétricos, cujos últimos sobreviventes rodaram até 2011 entre o Largo da Carioca e Santa Teresa. Os bondes foram gradativamente substituídos por ônibus. Na cidade, tentaram implantar os ônibus elétricos (trolleybus) que logo ganharam o apelido de "chifrudo". Mas o que prevaleceu foi o ônibus comum que existe até hoje. Em 1968, foi elaborado o projeto definitivo para o metrô do Rio de Janeiro. O projeto começou a sair do papel nos anos 70. O plano metroviário ganhou atualizações nos anos 80, 90 e 2000 mas até hoje nem as Linhas 1 e 2 projetadas em 1968 foram concluídas. Após todo este investimento e as mudanças nos meios de transporte, eis que o Prefeito Eduardo Paes decidiu voltar no tempo e reimplantar os bondes no Rio de Janeiro, antes mesmo da cidade ter seu metrô - o verdadeiro transporte de massa - implementado.

Segundo o Planejamento De Transportes Urbanos (PDTU) dos anos 80, atualizado nos anos 90 e finalmente atualizado pela última vez nos anos 2000, o Rio de Janeiro deveria ter seis grandes linhas de metrô. A  Linha 4 deveria ligar a Estação Carioca à Estação Alvorada. Parte deste trajeto foi licitado em 1998 mas jamais saiu do papel. O que estão construindo agora não é a Linha 4 e sim a extensão da Linha 1, pelo menos até a Estação Gávea. Sendo bem claro com o leitor é bom repetir que a Estação General Osório, a Estação Nossa Senhora da Paz e a Estação Jardim de Alah são estações exclusivas da Linha 1. A Estação Gávea terá duas plataformas, uma para a Linha 1 e outra para a Linha 4. A Estação São Conrado e a Estação Jardim Oceânico são da Linha 4. Mas para piorar o cenário do carioca, as obras da Estação Gávea, a mais importante das que estavam em andamento, foi interrompida há cerca de 18 meses e não há previsão de retomada das obras, pois o estado está falido.

Segundo a Prefeitura é muito fácil interromper parte ou totalmente das ruas São Clemente, Voluntários da Pátria, Humaitá, Jardim Botânico e Marquês de São Vicente. Já imaginou o caos no trânsito? Mas tudo que é ruim pode piorar: Durante a instalação dos trilhos dos bondes, o vão por onde passarão suas futuras rodas servem perfeitamente como criadouros de mosquitos. Impressionante! Um transtorno brutal que não vai resolver o problema da mobilidade.

O metrô, sob terra, pode transportar cerca de 2.000 passageiros por trem; contra 420 do bonde e 80 de um ônibus. O metrô se desloca numa média de 45km/h, enquanto bondes e ônibus andam numa média de 15km/h - incluindo as paradas dos modais. Para piorar, um ônibus tem 12 metros de comprimento, contra 44 de um bonde. Você já viu o que acontece num ponto de ônibus quando chegam três ou quatro ônibus de diferentes linhas ao mesmo tempo? Imagina como será com os bondes?

Todo transporte sobre terra deixa passageiros expostos a sol forte, chuva, vento, frio e calor. Este mesmo transporte sobre terra vai parar nos sinais de trânsito e vai ser refém de engarrafamentos.

Bondes devem ser usados para ligar bairros menores, de baixa densidade populacional ao sistema metroviário. Por exemplo, Muda, Usina, Horto, Alto da Boavista, Leme, Urca, Bairro Peixoto, etc deveriam ter Bondes como sistema complementar. Mas bonde não pode ser utilizado como transporte de massa nos grandes eixos das grandes metrópoles por um simples motivo: Não dão vazão!

Fonte: http://oglobo.globo.com/rio/para-especialistas-futuro-vlt-tiraria-carros-das-ruas-nao-excluiria-expansao-do-metro-18810958

terça-feira, 8 de março de 2016

Fotos Inéditas das Plataformas da Linha 2 na Estação Carioca

Estas fotos estavam num dos celulares levados à plataforma da Linha 2 na Estação Carioca. Elas ainda não haviam sido exibidas. Confira outros ângulos das plataformas, das vigas, das vias e da obra em si.












quinta-feira, 3 de março de 2016