terça-feira, 13 de agosto de 2013

Top 10 Estações

Nova Iorque (Estados Unidos) lidera os sistemas metroviários do mundo com suas 468 estações. O Rio de Janeiro está atrás de cidades bem menores como Santiago (Chile), Busan (Coréia do Sul), Estocolmo (Suécia), Buenos Aires (Argentina), Bruxelas (Bélgica), Lille (França), Lisboa (Portugal), Bilbao (Espanha), etc.

Confira a lista dos 10 maiores metrôs do mundo em número de estações.

1) Nova Iorque, EUA: 468 estações.
2) Seul, Coréia do Sul, 381 estações.
3) Paris, França, 303 estações.
4) Madrid, Espanha, 300 estações.
5) Xangai, China, 288 estações.
6) Beijing, China, 270 estações.
6) Londres, Reino Unido, 270 estações.
8) Cidade do México, México, 195 estações.
9) Moscou, Rússia, 188 estações.
10) Tóquio, Japão, 179 estações.
...
15) São Paulo, Brasil, 165 estações.
76) Rio de Janeiro, Brasil, 35 estações.

20 comentários:

  1. O número de São Paulo inclui as estações da CPTM enquanto o do Rio não inclui as estações da Supervia.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É que em São Paulo, o sistema usa a mesma numeração de linhas e vão se somando. No Rio, as linhas férreas não têm números.

      Excluir
    2. Miguel,me desculpe

      Mas a razao éque, mesmo em ambientes em que ha concordancia no primado do transprte publico, ainda ha, aqui no rio, a velha separacao : o nosso metro e o trem deles.

      Se os sistemas pouco se comunicam, se sao duas companhias, etc, nada desfaz o fato que meier, santa cruz, e outros possuem transporte sobre trilhos e, portanto, estacoes.

      Concordo com o celso acima e acho que a sua resposta a ele faz parte da imensa cultura na separacao de transporte por setores da cidade, ou seja, a cidade partida ou, vamos rasgar o verbo, a cidade com apartheid no transporte.

      Excluir
    3. Em tempo: para se contar estacoes acredito nao ser necessaria numeracao homogeneizada.

      AO morador de santa cruz, por exemplo, ao pegar o trem e depois o metro, nao lhe importa a numeracao e outras coisas mais, o que importa a ele é a separacao no sistema, a pouca comunicabilidade, o nao projetar o futuro como uma coisa só.

      Me desculpe mas realmente nao da pra aceitar a questao da numeracao. O que ha é uma resistencia em se aceitar os trns como parte do sistema de transporte. O que éuma pena pois ja estao la e construidos, sem necessidade de desapropriacoes, etc. Mas estao em pessimo estado.

      Mas talvez issoseja tb culpa da sociedade que quer transporte publico bom, mas so oara alguns. Lamentavel.

      Excluir
    4. A diferença de metrô para trem é que o metrô nasceu para ser metropolitano e o trem para ser intermunicipal. O trem sai do município e viaja para Belford Roxo. São João de Meriti e outros municípios vizinhos.

      Excluir
    5. Francisco: o trem no Rio é totalmente diferente do metrô: bitolas diferentes, estações diferentes, o trem tem horário e o metrô não, os bilhetes são diferentes, o trem vai para outros municípios e o metrô não, as concessionárias são diferentes, etc, etc.

      Excluir
    6. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    7. Assino em baixo tudo o que o Francisco Niterói disse. Embora eu concorde com o fato de que as linhas 4 (gávea-botafogo-carioca) e 1 circular seriam importantes para a mobilidade do rio, não as considero prioritárias enquanto regiões densamente povoadas como zona norte, baixada de Jacarepaguá, região de Realengo, de Bangu, de Campo Grande, Baixada Fluminense, Niterói, São Gonçalo e Itaboraí, e até a própria Ilha do Governador, carecem de transporte de alta capacidade rápido, sofrendo com ônibus lentos e sem conforto nenhum (na zona sul-centro-tijuca há cada vez mais ônibus com ar condicionado, vai nas outras regiões pra ver...). Com os R$8 bi que tão investindo na linha 4 pra evitar transtornos pros privilegiados moradores de ipanema-leblon-gávea com o tatuzão, daria pra modernizar as linhas de trem existentes, talvez com a opção de trens expressos, e ainda construir várias novas ligações, tanto radiais quanto transversais, ajudando a integrar melhor a cidade e melhorar a condição de vida da grande maior parte da população da cidade. Mas tem um aí que vive comentando que a tijuca tinha que ter 3 linhas de metrô. Aí dá pra ver que infelizmente, quem tá tentando mudar alguma coisa, como este blog, ainda sim tenta fazê-lo de forma elitista e segregadora. Tanto que acham que, saindo das imaginárias linhas de divisão entre os municípios do Rio de Janeiro e os da baixada, deixa de ser cidade e passa a ser interior, quando a cidade é uma só, de japeri a copacabana, de itaguaí ao centro, de tanguá a niterói e dando um pulo na poça juntamos tudo. Basta pegar qualquer imagem de satélite pra ver a mancha rosa...

      Excluir
    8. Vitor: os municípios são diferentes. Não sou contra haver um metrô na Zona Oeste. Pelo contrário. Mas quando anunciaram o projeto dos BRTs, a Zona Oeste não se mobilizou para exigir a construção da Linha 6.

      Outra coisa: existe uma grande diferença entre o que o governo pode e vai fazer do que é realmente importante. Eu tenho quase certeza que mais importante ainda que a Linha 6 hoje seriam as conclusões da Linha 2 e a ligação Rio-Niterói (Linha 3) por metrô. Mas não é isso que este atual governo vai fazer.

      Torçamos para que as atuais obras cheguem logo ao fim e que o próximo Governador construa novas linhas de metrô.

      Excluir
  2. No mínimo vergonhoso. Mas na verdade é deprimente...

    ResponderExcluir
  3. Sem falar que em SP você não paga nada a mais quando sai de um trem do metrô e entre num trem da CPTM, é uma integração simples e sem custo para o usuário!!! por isso eles consideram uma coisa só...

    Aqui no RJ a integração acontece em poucos lugares, e é preciso pagar novamente para trocar de transporte.... então são dois meios completamente distintas!

    ResponderExcluir
  4. Sei que não tem a ver com o post, mas cês já viram esse vídeo?

    https://vimeo.com/39646201

    ResponderExcluir
  5. Augusto, vi em determinada parte do vídeo um cruzamento em x, que parece ser a área utilizada para manobra. Essa parte foi adiantada para o final da estação? Sabe se o rabicho está orientado para qual direção, Meier ou Gavea?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Alexandre: isso não foi feito. A estação foi construída em curva voltada para o Méier.

      Excluir
  6. O que mais chama atenção é que o Sistema de Metrô com o maior número de estações do mundo continua expandindo o número de estações consideravelmente com a linha da 2ª avenida e a expansão da linha 7

    ResponderExcluir