terça-feira, 16 de maio de 2017

Média de passageiros da linha 4 do metrô é 46% abaixo da esperada

Os resultados deste estudo divulgados pelo Metrô Rio e publicados em O Globo não é de se espantar. Há dois erros grosseiros no sistema de transporte de nossa cidade.

1) A Linha 4 foi construída como extensão da Linha 1: Todos os estudos apontavam para uma Linha 4 independente, até o ex-Governador Sérgio Cabral assumir o poder. Hoje, já se sabe que a escolha do traçado foi fruto de corrupção para favorecer empresas que haviam ganho antigas licitações para a expansão metroviária. A Linha 4 deveria ter sido construída de forma independente. É por isso, que os ônibus de integração com o metrô vivem lotados interligando as estações previstas na Linha 4, como Gávea, Jardim Botânico, Humaitá e Laranjeiras.

2) O custo da integração dos modais: Dentro de uma mesma cidade é inadimissível que a integração do metrô com o BRT ou ônibus comum seja cobrada uma nova tarifa. O fenômeno faz com que muitas pessoas deixem de utilizar o metrô, já que ele pertence ao estado. Um BRT + metrô custa R$ 7,00, em vez dos R$ 3,80 de um BRT+ônibus ou ônibus+ônibus.

 Leia mais: http://oglobo.globo.com/oglobo-21214768#ixzz4eS9wcdGQ

2 comentários: