quarta-feira, 14 de novembro de 2012

Homem Cria sua Própria Linha 3

Pedro Mascarenhas criou sua própria Linha 3 do Metrô. Para fazer o trajeto entre Niterói e Botafogo, o administrador de empresas comprou um bote a motor no valor de R$ 60 mil, além de investir, tempo, estudo e dinheiro para tirar sua carta náutica.

Agora, ao invés de duas horas para chegar no trabalho, ele leva cerca de vinte minutos (doze navegando).

SENSACIONAL!

Fonte: Extra: http://extra.globo.com/noticias/rio/homem-usa-bote-para-atravessar-baia-de-guanabara-nao-perder-tempo-no-transito-6643135.html#ixzz2BT45tDwH

10 comentários:

  1. Sensacional, porém triste. Mostra que, por conta da incompetência do governo em executar projetos que já foram antes licitados (Linha 4, Lote 29), projetos que já foram discutidos e bem estudados (Linha 3 até Carioca, Linha 1 circular, as Linhas 5 e 6 "para o Pan") e outras antigas reivindicações (Barcas de São Gonçalo), umas poucas pessoas com um dinheiro sobrando e, claro, um pensamento fora da caixa encontram esse tipo de solução. E o povão que se ferre todo santo dia.

    ResponderExcluir
  2. E pelo andar da carrugaem a L3 não sai antes da L4 Gávea X Centro, e talvez do trecho da L1 Uruguai X Meier.

    ResponderExcluir
  3. Amigos, a linha 3 não sairá do papel tão cedo e ainda será usada como plataforma política para a eleição do Sr Pezão.

    ResponderExcluir
  4. Aqui eu posto: notícia bela, realidade triste. Trabalhador honesto, governo corrupto. Solução inteligente, autoridades incompetentes.


    Ao pensar que poderíamos ter um sistema de metrô eficiente, nossos representantes, tiraram nossas esperanças. Em um sono eterno (ou de mudança de governante) repousa as soluções para os problemas do transporte público. Em conveniência eterna está a nossa população ao não reclamar de seus problemas. Enquanto isso se perpetuar, aqui jaz, nossas esperanças.

    ResponderExcluir
  5. Sonhos como este provam que nossa sociedade valoriza as soluções por meio da pressão e improvisadas. Infelizmente não é isso que ocorre nos países desenvolvidos.



    Ou se começa a pensar seriamente na ligação subaquática da linha 3, ou veremos estes esforços individuais (como gritos na mata) para salvar a si mesmo de um casos que não começou agora, mas que suas consequências nunca foram tão graves.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não há previsão desta obra começar a ser feita.

      Excluir