terça-feira, 8 de outubro de 2013

Para onde Foi o Dinheiro do BNDES?

Nos anos 80, o Governo do Estado do Rio de Janeiro recebeu dinheiro do BNDES para construir o "rabicho da Tijuca" para diminuir o intervalo dos trens da Linha 1. Na matéria ao lado, a obra é ilustrada pela foto superior.

Outra parte da verba era para concluir a Linha 2 da Estação Pavuna até a Estação Praça XV. O trecho da Pavuna até a Estácio foi concluído. Mas três estações ficaram faltando.

Se o governo já tinha recebido este dinheiro em 1987, onde ele foi parar?

8 comentários:

  1. Acho que sabemos "direitinho" onde essa grana foi parar...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se a grana era do BNDES, é assunto federal, ou seja do MPF.

      Excluir
    2. É verdade, mas foi repassada ao Governo do Rio, que deveria prestar contas.

      Excluir
  2. Uma vergonha... mas quem seria culpado? Esse período pós ditadura até 92 é muito obscuro em relação a dinheiro publico usado. Pior foi durante a ditadura...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não sei quem seria o culpado. Para isso o MP deveria agir.

      Excluir
  3. Que eu me lembro, quando o Brizola assumiu o governo do Estado do Rio, em 1983, "sacanearam" o estado passando toda a dívida federal para o estado. Neste período não tiveram obras novas do metrô.

    O Moreira Franco, o governador seguinte, que assumiu em 1987, mentiu muito em sua campanha, prometendo construir a Linha Vermelha e terminar as linhas 1 e 2 do metrô. O Metrô chegou à Irajá, mas depois foi abandonado. As estações eram na altura do solo, e a linha cruzava as ruas, causando acidentes de vez em quando. Me lembro até hoje uma mulher deslizando do fundo do ônibus, da roleta, até a escada da frente com a freada brusca que o ônibus em que eu estava deu no cruzamento de Vicente de Carvalho.

    Depois boa parte da linha 2 foi abandonada, e as estações foram depredadas. Me lembro ver a de Irajá sem telhado e abandonada por anos.

    O Brizola foi de novo governador do Rio, depois do Moreira Franco. Ele construiu a Linha Vermelha, mas nada de metrô, pelo que eu me lembro.

    Não me lembro a data quando boa parte da linha 2 foi abandonada. Os trilhos em Irajá, que nunca foram usados, chegaram a receber asfalto por cima.

    Marcello Alencar retomou o Metrô, pelo que em lembro, e boa parte da Linha 2 foi reconstruída, colocando no alto e acabando com os cruzamentos.

    Pela data deste empréstimo, o responsável foi Moreira Franco. O boato era que as empresas de ônibus, e as empreiteiras financiaram a campanha dele. Uma das primeiras atitudes dele foi devolver as empresas de ônibus que o Brizola tinha encampado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mas o Moreira Franco tentou construir o metrô. O problema é que em algum momento o $ acabou.

      Excluir