terça-feira, 26 de julho de 2016

Gávea, Cruz Vermelha, São João e Carioca

Os Governadores Pezão/Dornelles, o Secretário Estadual de Transportes Rodrigo Vieira, a presidente da Rio Trilhos Tatiana Carius e o Presidente do Metrô Rio, Flávio Almada afirmam que a Estação Gávea será inaugurada em 2018.

Você acredita nisso? Muitos leitores deste blog não. E eles têm razão. Como é público e notório, o estado está quebrado. A obra da Linha 4, que deveria ter custado cerca de R$ 5 bilhões, já passou dos R$ 10 bilhões. O tatuzão encontra-se desligado e precisa ser remontado para escavar um novo túnel por baixo do Leblon até a futura Estação Gávea, cujas obras estão paradas há cerca de dois anos.

Muitas outras autoridades prometeram no passado concluir estações das Linhas 1 e 2 cujas obras foram inicidas e nunca terminadas.

A Estação Praça da Cruz Vermelha e a plataforma da Linha 2 da Estação Carioca tiveram suas obras iniciadas nos anos 80 e 70 respectivamente. Na Cruz Vermelha, o remanejamento da rede de serviços públicos foi feito. O tatuzão escavou cerca de 80 metros no bairro do Estácio. Na Estação Carioca, grande parte dos custos da plataforma da Linha 2 já foram contabilizados. A plataforma está ali (foto), aguardando o trem chegar. A conclusão da Linha 2 também beneficiaria a Estação Catumbi e a Estação Praça XV cujas obras nunca saíram do papel. O último capítulo desta estória aconteceu no final de 2015, quando Carlos Osório, então Secretário de Transportes, declarou que o Governo pagou R$ 25 milhões para que a Metrô Rio entregasse o projeto técnico de engenharia para a conclusão desta obra. Até agora, nada e o dinheiro público....

Já a Estação Morro de São João, muitas vezes chamada de Estação Rio Sul, também emperrou, apesar de vermos sua caverna quando pegamos o trem da Estação Cardeal Arco Verde em direção à Estação Botafogo. A BRASCAN, dona do Rio Sul, negociou mas não fechou com o Governo Estadual nos anos 90. Apenas uma plataforma foi construída. Moradores e trabalhadores de Botafogo já entregaram abaixos-assinados exigindo a conclusão da obra mas o Governo ignora dizendo sempre que "um dia, a gente retoma esta obra".

E a Estação Gávea? Largada para escanteio em 2014, ela que deveria ser a mais importante da Linha 4, pois teria duas plataformas, ou seja, receberia duas linhas de metrô. O Governo diz que vai retomar esta obra depois dos Jogos Paralímpicos. O povo não acredita.

É bom lembrar que este Governo foi reeleito em 2015 prometendo metrô para o Méier, para Jacarepaguá, para Alvorada e Recreio, fazer a linha Gávea - Carioca e também a conclusão da Linha 2 no Centro. Mentira eleitoral não é crime?

10 comentários:

  1. Mais uma estação fantasma pra nossa coleção...um absurdo!

    ResponderExcluir
  2. Miguel excelente post
    Eu acho que em primeiro lugar numa época de recursos limitados , o governo deve pensar nas prioridades.
    É fato que o trecho mais urgente(e por coincidência mais barato e rápido) é o lote 29. Todos os recursos devem ser alocados ali. O metrô e toda população precisam desse trecho o quanto antes.
    Não mencionei Gavea pois a mesma deve sair e ja seria uma obra que poderia ocorrer em paralelo ao trecho Estácio-Pça XV.
    Após a prioridade 0 ( Lote 29) , o Governo deveria partir pra L3 , pois a região de Niterói e São Gonçalo precisa de transporte de alta capacidade.
    Já uma expansão da L4 rumo a Alvorada , precisa antes de tudo , que a a outra ponta da L4 chegue no Centro/Zona Portuária para poder dar vazão do numero de usuários que crescerá absurdamente.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Diogo, concordo. A Gávea já foi licitada. Linha 2 tem projeto técnico encomendado. A Linha 3 tem apenas o projeto básico feito. A Linha 4 até a Alvorada não tem projeto.

      Excluir
  3. Esqueceu de mencionar que todo ano de eleição eles também prometem construir a linha 3 e até agora nada.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É verdade....é que a tal Linha 3 inventada pela Rosinha Garotinho é apenas a continuação da Linha 2.

      Excluir
    2. Pois é desativaram o trem que passava ali, roubaram os trilhos, invadiram parte do leito e a linha 3 nunca chegou.

      Excluir
  4. Qual seria o custo previsto pra terminas as linhas 1 e 2 de acordo com o projeto?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Thiago, os projetos mudam muito de acordo com o Governo. A trecho Estácio - Praça XV vai custar R$ 1 bilhão, dizem. A Linha 1 circular foi um projeto dos anos 80, talvez seja muito barato se usarem explosivos e levando em consideração que não é necessária a construção de nenhuma estação.

      Excluir