terça-feira, 21 de março de 2017

Tatuzão Parado Custa R$ 3 Milhões por Mês

Uma obra de metrô não é barata. Pelo menos, quando estiver pronta, a população usufrui de seu excelente serviço.

Uma obra de metrô parada tampouco é barata. No caso específico da Linha 4, ela tem custos de se manter e proteger buracos abertos da Estação Gávea, de fazer a manutenção diária no tatuzão, de pagar funcionários empregados pelo consórcio construtor, iluminação, manutenção e vigilância das aduelas prontas no Centro, entre outros. Isso sem contar, com o risco de possíveis furtos de equipamentos.

Pior é saber que a Estação Gávea não é a única nesta situação. É bom lembrar que o Rio tem a Estação Morro de São João e a Estação Carioca 2 com 80% de suas estruturas prontas.

Em 05 de Março de 2017, o Globo publicou a matéria "Verba Que Vai para o Buraco". Ela foi escrita por Guilherme Ramalho. Segundo a reportagem, listamos os custos abaixo:

* Custo Total das Obras paradas há dois anos: R$ 34,2 milhões.

Sendo que:
* Custo Total da manutenção do Tatuzão: R$ 29,2 milhões.
* Custo Total dos Canteiros de Obras: R$ 5 milhões.
* Custo Mensal da manutenção do Tatuzão: R$ 2,9 milhões.
* Custo Mensal dos Canteiros de Obras: R$ 222.968,57.

Lembrando que:
* Custo da Compra do Tatuzão em 2011: R$ 100 milhões.
* TCE Encontrou Sobrepreços na obra da Linha 4 na ordem de: R$ 2,3 bilhões.
* Custo Estimado da Linha 4: R$ 5 bilhões.
* Custo Total da Linha 4: R$ 9,7 bilhões.
* Verba que falta para a conclusão da Estação Gávea: R$ 500 milhões.

É bom lembrar ao leitor também que a Linha 4, incluindo a Estação Gávea, tinha a previsão inicial de ser inaugurada em Janeiro de 2016. Ela foi inaugurada somente em Agosto de 2016 sem a Estação Gávea.



9 comentários:

  1. Miguel, estudo na PUC-Rio e todos os dias venho pela Marquês de São Vicente. Logo no começo dela, tem uma daquelas placas da "Rio Walk" e está já com o símbolo da Metrô Rio, com alguma frase que indica que ficará pronto em 2018. Apesar de não acreditar muito, fico aqui na esperança. Isso melhoraria a vida de muita gente, assim como o término do Lote 29.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Giulia, infelizmente as obras estão paradas há dois anos. Não há previsão de retomada. Calculo que sejam necessários 18 meses para a Estação Gávea ficar pronta.

      Excluir
  2. Imaginar que as estações gávea e morro de são João são as mais "fáceis" de se terminar me da até uma raiva do governo. A estação carioca 2 mesmo que pronta, iria demorar pra ser utilizada, graças a burrada do governo em não ter construído o lote 29, na época que tinha recurso pra isso.

    Sobre obras grandes: Qual é a mais barata de se fazer? o Lote 29 ou o túnel gávea - uruguai?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se o túnel Gávea - Uruguai puder ser escavado por detonação em rocha, será muito mais barato do que o lote 29.

      Excluir
    2. Pedro, a Estação Morro de São João, só precisa construir o mezanino e as entradas, além de fazer o acabamento da plataforma. O metrô já passa por dentro dela.
      O túnel para a Gávea ainda precisa chegar lá. O de saída, em direção a São Conrado já está pronto.
      O túnel Gávea-Uruguai é mais barato.

      Excluir
    3. Flávio, não há porque não se utilizar explosivos e neste caso, sim, seria mais barato e rápido. Não é necessário obstruir ruas, nem desviar a rede de serviços públicos e nem construir estações.
      Apesar disso, eu defendo uma Estação Muda entre Gávea e Uruguai.

      Excluir
  3. Da uma raiva do nosso governo nessas horas. Moro na Uruguai e estudo na PUC, com governantes decentes eu provavelmente teria como ir direto da Uruguai até a Gávea em alguns minutos, mas tenho que ir até Botafogo e pegar um ônibus. A situação atual é muito desanimadora...

    ResponderExcluir
  4. E Meu Amigo Miguel Der Uma Olha Nisso Aqui
    https://www.metrorio.com.br/Noticias?cod_noticia=3138

    ResponderExcluir