segunda-feira, 24 de junho de 2019

O que Fazer com a Estação Gávea?

O grande circo místico em torno das obras do metrô continua. Na próxima quarta-feira, haverá uma audiência pública sobre a Estação Gávea, obra que deveria ter sido concluída em 2015, segundo o cronograma original.

A discussão nem contempla outras obras paralisadas, como a plataforma da Linha 2 da Estação Carioca e a Estação Morro de São João.

As opções para a Estação Gávea são as seguintes:

1) Deixar tudo como está já que o Estado alegar não ter dinheiro: o departamento ge engenharia da PUC já alertou para riscos nas estruturas dos prédios da universidade, devido à enorme quantidade de água alcalinizada encontrada no buraco da estação.

2) Retirar a água e colocar terra para fechar o buraco seria um tiro no pé. Estipula-se que a retirada completa da água levará três meses e há um custo grande nisso. Isso sem falar na colocação de terra no buraco. Os cariocas já pagaram pela retirada desta terra. Tapar o buraco significa o fim das obras.

3) Concluir a obra seria a melhor opção. Retira-se a água, conclui-se a estrutura, os trabalhos de acabamento e coloca-se o tatuzão para funcionar novamente. Uma vez concluída, outros bairros poderão sonhar com a chegada do metrô. como o Jardim Botânico, Humaitá e Laranjeiras (Linha 4) e Muda (Linha 1), sem falar na conclusão da linha 1 circular entre Estação Gávea - Estação Muda - Estação Uruguai, encurtando de uma vez o tempo de deslocamento entre as zonas norte e sul.

Nenhum comentário:

Postar um comentário