terça-feira, 3 de março de 2015

Rabicho Concluído

Um rabicho de 350 metros já foi escavado e concluído pelo consórcio construtor da Linha 4. Num primeiro momento, este trecho servirá de manobra dos trens. No futuro, é por ali que o metrô será expandido até o Recreio dos Bandeirantes.

A Estação Jardim Oceânico (foto), assim como a Estação São Conrado e a Estação Nossa Senhora da Paz, estão em suas fases finais de conclusão.

16 comentários:

  1. Miguel, você visitou as obras da Gávea, São Conrado ou Jd Oceânico? Tem como contar p/ gente para trens de quantos vagões as plataformas do que poderia ser a Linha 4 estão sendo dimensionadas?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Flávio, eu não visitei. A única estação em que estive foi a Nossa Senhora da Paz.

      Sua pergunta é boa e eu tenho quase certeza que são plataformas para 6 vagões.

      Excluir
    2. A pergunta se deve a outra questão. Composições de 6 vagões não atenderiam a demanda se, em um futuro mais distante, um governante sério abraçasse a alternativa W da linha 4.

      Excluir
    3. Flávio, tudo é uma questão política. Por que os governantes não compraram trens de 8 vagões para aliviar a Linha 2? Por que não concluíram a Linha 2 até pelo menos a Praça XV? Por que fizeram a Linha 1A? Tudo político que não tem a ver com o bem estar da população.

      Excluir
    4. Qual seria a alternativa W da L4?

      Excluir
    5. Não tem muita coisa na Internet sobre o assunto, mas o pdf do link é um bom começo para conhecer melhor.
      http://www.emtermos.com.br/cbt/Newton%20Carvalho%20-%20L4%20METR%C3%94%20RJ%20ALTERNATIVA.pdf

      Excluir
    6. A alternativa é uma grande besteira. Prova que engenheiros brasileiros não sabem fazer metrô. Trata-se de um projeto onde só se teria túneis dentro das montanhas.....patético. Imagina, não haveria metrô em Paris ou Nova York.

      Excluir
    7. Ainda bem que este projeto Linha 4 W está obsoleto mesmo no Brasil e mesmo com engenheiros incapazes de dizer "não" ao governador.

      Excluir
    8. Defina "grande besteira", Miguel. Pra começo de conversa, a alternativa W é uma proposta de um geólogo, não de engenheiros. Além da Alvorada ele segue um trajeto parecido com o trajeto da TransOlímpica, ou seja, tem demanda para ele. Nem acho tão boa a proposta dele fazer parte da linha 4, mas acho que ele seria uma proposta interessante, sim, como uma nova linha de metrô com terminal na Alvorada, em um cenário com as linhas 4 e 6, e indo só até Deodoro ou Realengo, para não concorrer com o trem. Ademais, "grande besteira" e "patético" não parecem argumentos de quem quer debater as alternativas de mobilidade para a cidade. Quase tenho a impressão que aqui só há espaço para debater a alternativa de metrô que agrade diretamente quem mora ao norte da Lagoa.

      Excluir
    9. Flávio, a proposta em W é uma alternativa de baixo custo e extremamente limitadora da localização das estações e do trajeto das linhas. O metrô em qualquer lugar do mundo atravessa rios, praças, areia, rochas, sem o menor problema. Nos últimos tempos aqui no Rio querem simplificar tudo apontando dificuldades inexistentes. O próprio projeto original do metrô do Rio, de três linhas para a realidade dos anos 60, é muito mais interessante do que este projeto em W. O metrô precisa chegar em todos os bairros levando em conta a necessidade e a densidade da população, além do alívio no trânsito e não por haver montanha ou não ali.

      Excluir
  2. Eu to contando com 6 vagões, se vier mais é lucro.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mesmo se houver espaço para 7 ou 8, os trens novos são para 6 vagões.

      Excluir
    2. Os novos são iguais aos da linha 2 né? Se tiverem pensado no futuro( o que duvido) esses trens poderiam passar pra L1 circular e novos de 8 vagões pra L4 mas claro...isso td é sonho que no Rio beira a utopia.

      Excluir
    3. Sim, são iguais aos da Linha 2. Os únicos trens capazes de transportar 8 vagões são os mais antigos nacionais.

      Excluir
  3. Eu to contando com 6 vagões, se vier mais é lucro.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Os trens encomendados da Linha 4 são para 6 vagões.

      Excluir