quinta-feira, 19 de setembro de 2013

Estado x Prefeitura pela direção Alvorada

No último Sábado, dia 14 de Setembro de 2013, O Globo publicou uma matéria informando que técnicos em transportes do Estado do Rio de Janeiro são favoráveis à expansão da Linha 4 do metrô até o terminal rodoviário da Alvorada, na Barra da Tijuca.

A questão desagrada a prefeitura que também quer "lucrar com obras" e planeja construir uma linha de BRT entre a Estação Jardim Oceânico e o terminal da Alvorada.

Pelo projeto original da Linha 4, desenhado nos anos 90, após a Estação Jardim Oceânico, deveriam haver mais quatro estações até o metrô chegar na desejada Estação Alvorada. Seriam elas: Estação Shopping Downtown, Estação Città América, Estação Barra Shopping, Estação Nova Ipanema e Estação Alvorada, tornando-se assim a primeira linha de metrô do Rio a se juntar a um terminal rodoviário.

Segundo a matéria o jornal, a prefeitura pode desistir do BRT e o estado promete concluir a obra até 2021.

36 comentários:

  1. Agora!!! Aos 45 do 2º tempo!!! Esse Cabral é muito molóide para resolver as coisas, só acorda quando a “M” já tá feita (caso de General Osório) ou muito em cima, como essa agora. Nem culpo a Prefeitura (que não possui jurisprudência sobre metrô e trens, isso é só com GERJ) que vendo a inércia do Estado apresentou a solução que podia: BRT. Perceba que a matéria diz que a Prefeitura está aberta à sugestões. Prefiro serviços de ônibus “metrô na superfície” expressos e paradores combinados com faixas de BRS do que o BRT. Agora um detalhezinho: com o metrô indo ou não até a Alvorada, mesmo assim ainda ficaria distante dos eventos olímpicos que serão na área do Rio Centro.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A Olimpíada dura apenas duas semanas. O metrô é para sempre.

      Excluir
  2. O BRT vai roubar uma faixa em cada sentido justamento na área mais desenvolvida da Av das Américas, entre o Barra Shopping e a Armando Lombardi.

    O BRT é uma aberração visual. Desculpe-me Jaime Lerner, o dito "pai" do sistema", mas ônibus articulados são a coisa mais horrenda em termos de urbanismo.

    Imagina o fluxo de passageiros que chegarão nos trens lotados do metrô tendo que migrar para ônibus? Vai ser muito pior do que as já péssimas filas do metro na superfície em estações como Botafogo e General Osório. As calçadas nos pontos também ficam lotadas.

    Enfim, é triste ver que o Rio está sendo feito "Prá Olimpíada". Há muita vida após esse evento.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. BRT é um absurdo numa imensa cidade como o Rio.

      Excluir
  3. 2021 é muito longe! E dá tempo, sim, de fazer o metrô até Alvorada para 2016, haja visto que praticamente não são necessárias desapropriações nem o uso de tatuzões. Basta abrir um valão no meio da Av das Américas e fazer a obra.

    E mais uma coisa. Se o metrô é "para a Olimpíada", então por que não fizeram também a Linha 6, já que ESSA SIM atenderia ao principal local de realização dos jogos?

    ResponderExcluir
  4. 2021? Ta de bricadeira né? Trechos muito maiores já foram construídos em muito menos tempo que isso! É evidente que esse BRT não ajudará em nada nesse trecho, o necessario e indispensável é o metro até a alvorada! Sai logo daí Cabral, já chega disso.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Só tem um tatuzão e após 2016 ele vai cavar da Gávea ao Centro.

      Excluir
    2. Aah sim, o tatuzão... bem, que seja feita até a alvorada e que seja terminada até a Carioca... O grande problema do metro rio é que é uma obra de expansão a cada, sei lá, década!? São Paulo tem várias frentes e vários projetos em varias linhas, o que há de errado no metro rio? Vontade?

      Excluir
    3. ReNv, exatamente. Se ainda tivéssemos o tatuzão da Camargo Correia, poderíamos abrir pelo menos uma segunda frente de expansão.

      Excluir
    4. São Paulo está trabalhando em várias frentes na(s) mesma(s) linhas, e não em uma só frente por linha... Vergonha, Rio!

      Excluir
  5. Não vejo conflito entre BRT e Metrô. Acho que daria pra ter os dois.
    Na verdade, só a área da baixada de Jacarepaguá (Barra, Recreio, autódromo/cidade olímpica, Rio das Pedras, Itanhangá, etc.) merecia já ter em fincionamento pelo menos umas 3 linhas de metrô.
    Pra mim o BRT não passa de um metrô sobre pneus, um pré-pré-metrô. Como o Estado não investe no transporte de massa como deveria (em média 1 estação por mandato), a saída encontrada pela Prefeitura foi construir linhas de BRT onde deveria ter linhas de metrô há uns 15 anos pelo menos.
    Quanto ao fato do BRT "comer" uma das faixas de rolamento da av. das Américas, classifico como economia porca, para não gastar na execução de pista própria, com base e sub-base, no canteiro central.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fernando, o BRT deveria ser complementar ao metrô e não uma substituição ao metrô.

      Excluir
    2. Desculpem, mas antes de criticar o BRT procurem o projeto no Google do trecho 0 (zero) da transoeste (saiu no globo se não me engano).
      A Av. das Américas no trecho entre Alvorada e Jardim Oceânico vai ganhar mais uma faixa nos canteiros laterias e aí sim o BRT vai usar a faixa mais central da pista. ficando 7 pistas por sentido. 1 BRT, 3 central (como é hoje) e 3 laterais, pena que vai continuar com os sinais, não será contruidos os viadutos e passagens subterraneas como previsto no plano Lúcio Costa
      O canteiro central não será tocado. Mas por que?? sinceramente acredito que o canteiro central tem a medida definida exatamente para o metro passar por baixo dele. algum projeto bem antigo, sei lá. Após a Alvorada, indo para o Recreio pode-se perceber que a largura do canteiro varia muito, logo não deve existir projeto de expansão até lá, o que é uma pena.

      Por ultimo, não vejo BRT canibalizando o Metro, nem vice-e-versa, para mim o melhor dos mundo seria se se complementassem, imagine como seria o se o Metro funcionasse como trem expresso com poucas estações bem localizadas e o BRT como uma linha alimentadora e dispersora de demanda.

      Excluir
    3. Leonardo, pelo volume de tráfego na área, todos os especialistas em transportes, inclusive engenheiros de tráfego, recomendam um metrô para desafogar a Avenida das Américas.

      Excluir
    4. não sou especialista e também concordo que o tem que chegar até a alvorada. mas ônibus não é de todo ruim. se funcionar integrado é o melhor dos mundos, principalmente na Barra que foi um bairro feito para carros, qualquer "pequena distancia" é pelo menos 10 min caminhando, o metro não vai levar as pessoas para dentro dos condomínios, se bem que o BRT tb não, mas ônibus e micro-ônibus poderiam muito bem suprir essa demanda.
      minha visão é:
      Metro para grande distancia Barra-Zona Sul-Centro;
      BRT para medias distâncias, quem quiser por exemplo ir do Barra Shopping ao Downtown, assim desafogando o Metro.
      E ônibus e micro-ônibus para pequenas distâncias, pegando as pessoas dentro dos condomínios e levando as estações do Metro e BRT.

      Excluir
    5. Pra terminar o que desafogaria o transito na Av. das Américas não é o metro, é a conclusão das vias previstas no plano Lúcio Costa. é inconcebível que para sair de um condomínio para outro as pessoas sejam obrigadas a usar a Av. das Américas. não há via alternativa.

      Ps.: Continuo sendo fã do Metro, só não gosto de tapar o Sol com a peneira

      Excluir
    6. Leonardo os ônibus no Rio são péssimos!

      Excluir
    7. Mais linhas de ônibus, seja BRT ou BRS ou comum, não vão reduzir o volume de tráfego na Barra. Precisa-se de metrô. Urgentemente!

      Excluir
  6. Resumindo: vão fazer o que for mais econômico/rápido/interessante somente pra eles.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vamos torcer para a Prefeitura desistir da idéia o estado continuar a obra do metrô.

      Excluir
    2. Olá pessoal do blog divulgue e curta essa ideia do site descrito abaixo através do vosso facebook, pequeno detalhe que faz toda a diferença. É SÓ CURTIR E COMPARTILHAR POIS É IMPORTANTE.
      http://riomais.benfeitoria.com/ideia/visor-digital-de-velocidade-em-onibus
      peço desculpas se fujo ao assunto do blog, pois não se trata do sistema ferroviário, mas como é um serviço de utilidade pública e para o bem estar e segurança do usuário acho importante divulgar. As 10 ideia mais curtidas serão postas em prática pela prefeitura e espero que essa seja uma delas, agradeço desde já a vossa compreensão e mto obrigado.

      Excluir
  7. Acharia mais viável fazer o trecho Gávea-Carioca primeiro... Senão haveria superlotação para chegar a Alvorada. Falando nisso quero ver como vai ser em 2016...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gávea - Carioca será escavado a partir de 2016.

      Excluir
    2. para mim um não exclui o outro o trecho jardim oceanico alvorada atenderia a demanda interna do Bairro, Atualmente para a Barra, Dowtown/Citta América e Barra Shopping são tão atratores de demanda como o Centro para quem mora no baixada de Jacarepagua

      Excluir
    3. Leonardo, você tem idéia de quantas pessoas usam este shopping diariamente para lazer ou trabalho? Alguns deles de áreas empresariais em seus fundos. Não faz nenhum sentido, uma cidade do tamanho do Rio não ter mais linhas de metrô.

      Excluir
  8. Concordo, mas não se pode resolver de uma hora para outra.
    Me lembro que quando era criança e o Moreira começou a esburacar toda a cidade para levar o metro à Ipanema, acabou a verba e tiveram que tapar tudo.
    Vamos ser realista se fossem fazer de uma vez só o metro da Alvorada até a carioca até 2016, não ia dar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Leonardo, estes buracos do Moreira aceleraram as obras dos anos 90 e 2000 em Copacabana e Ipanema. De seus buracos, o da Estácio ainda está lá aguardando máquinas para construir o túnel até a Praça Cruz Vermelha.

      Excluir
  9. Na boa, esse papo de falta de verba não cola! A Dilma estava oferecendo 50 bilhões por conta dos protestos. Era só apresentar os projetos e pleitear. Opa, esqueci um detalhe: não temos projeto nenhum. Estão vendo como esse Cabral é molóide! Acredito que o GERJ não tenha verba para tocar essas obras sozinho, mas pelo menos para elaborar projetos, licitações, estudos de demanda e tudo mais... qualquer governo com um mínimo de interesse, possui. E olha que nem é questão de rixa política, já que PT e PMDB são aliados. Em São Paulo, pleitearam quase 18 bilhões para complementar a verba dos projetos de mobilidade. Por quê lá eles já têm os projetos prontos. Aqui, Cabral pediu meros 3 bilhões e pouco para a linha 3 que (miseravelmente) deve ser monotrilho.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O Cabral poderia pegar os projetos antigos. Por exemplo, Rio-Trilhos tem o projeto do Lote 29 até a Carioca. Depois, o Governo Moreira tinha o projeto atéa a Praça XV. O Governo Rosinha Garotinho tinha o projeto da Linha 3 por baixo da Baía de Guanabara. O Governo Marcelo Allencar tinha o projeto da Linha 4 original. Ou seja, os projetos existem e basta o governo atual ter humildade e pedi-los aos antigos governantes.

      Excluir
  10. Boa Tarde, Para variar estou atrasado mas isso ainda é um assunto atual. Eu acho que não seria necessário usar o tatuzão no trecho do Alvorada, acho que poderiam ser feitos simultaneamente (Quando haver dinheiro, obvio) o trecho alvorada - jardim oceanico e gavea - carioco usando o método cut and cover na avenida das americas, já como há muito espaço para a construçao do metro no canteiro central, sem atrapalhar o transito e sem haver desapropriaçoes

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O tatuzão precisa ser utilizado para fins políticos e não para fins técnicos. Ou como se justifica à população a compra de uma máquina que custou R$ 1 bi?

      Excluir