quarta-feira, 19 de fevereiro de 2020

Dinheiro da CEDAE Pode Parar no Metrô

É isso mesmo! O dinheiro da privatização da Companhia Estadual de Águas e Esgotos (CEDAE) pode parar nos trilhos do metrô. Este pelo menos é o plano do atual governador Wilson Witzel.

Segundo as últimas informações, o Governo do Rio de Janeiro pretende vender 60% das ações da CEDAE na Bolsa de Valores em 2021. Os demais 40% continuariam nas mãos do Estado.

Estes 60% gerariam R$ 11 bilhões em caixa para o estado investir em diversas áreas, além de pagar dúvidas.

Cerca de R$ 1 bilhão deste montante seria investidos no metrô.

O que seria feito então?

Maiores informações não foram divulgadas. Porém, praticamente metade deste dinheiro seria usado para concluir a Estação Gávea. Esta estação receberá trens tanto da Linha 1, quanto da Linha 4. Lembro que a conclusão desta obra está autorizada desde 2019.

A outra metade seria destinada para o início das obras da Linha 3. "A pedra fundamental", segundo ele. O que seria isso? Ninguém sabe.

Vale sempre recordar que a Linha 3 (São Gonçalo - Niterói) não existe. O que existe é a Linha 2 Belford Roxo - Visconde de Itaboraí, que também abrigaria os municípios de São Gonçalo e Niterói. Este título de "linha 3" foi dado erradamente pela Governadora Rosinha Garotinho, mas, pelo visto, ele ficou.

Lote 29 2 Descartado

Muitos perguntam porque não se coloca esta grana para terminar o trecho Centro da Linha 2 com a Estação Catumbi, Estçaão Praça da Cruz Vermelha, Estação Carioca e Estação Praça XV.

Sem muitos dados, projetos ou informação, por enquanto, o carioca e o fluminense ficará aguardando. Sempre na esperança...

14 comentários:

  1. O poder de sonhar é a maior característica do ser humano.

    ResponderExcluir
  2. A Linha 2 o trecho prioritário é Estácio - Cruz Vermelha - Carioca. Fico pensando de além do projeto básico, fosse executado o plano pleno que seria Estácio - Catumbi - Cruz Vermelha - Carioca - Praça XV (Barcas), se a estação Catumbi não ficaria muito fisicamente próxima ou perto demais das estações Estácio e Cruz Vermelha?

    Já a minha opinião de quando pelo menos o trecho prioritário do Lote 29 da Linha 2 vai sair (Estácio - Cruz Vermelha - Carioca) será só em 2038 quando a concessão da concessionária MetrôRio se encerra em definitivo e sem possibilidade de renovação da concessão. Aí sim em troca da concessão a nova concessionária poderá, em troca da concessão, fazer o investimento da Linha 2 Carioca, até porque já estará mais do que provado que o sistema Linha 1A que interliga a Linha 1 com a Linha 2 está saturado e que não haverá financeiramente outra alternativa rentável de investimento no sistema com retorno e lucro a não ser concluir a Linha 2 até a Carioca.
    Até a cada eleição, foi assim com Garotinho, Rosinha, Sérgio Cabral, até Pezão falou nisso, agora em 2018 Wilson Witzel foi mais um, a Linha 2 sempre estará lá no Plano de Governo que após cada eleição o projeto irá para a gaveta.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O bairro do Catumbi cresceu muito. Apesar da distância curta, ali deveria ter metrô sim. Faz diferença num dia de chuva, vento ou forte calor. Isso sem falar na insegurança que há no caminhar entre o Estácio e o Catumbi.

      Em 2038, provavelmente o contrato de concessão será renovado. O Rio de Janeiro consegue ter a proeza de sempre andar para trás. Veja bem: a renovação do contrato só foi feita pq a concessionária prometeu levear a Linha 2 até o Centro e foi o que ela fez pela Linha 1-A.
      Os políticos falam, falam, falam....mas fazer o certo é cada vez mais raro na "Cidade Maravilhosa".

      Excluir
    2. Concordo contigo: o bairro do Catumbi carece de uma estação de metrô, sim. Ainda te digo mais: entre a Cruz Vermelha (Bairro de Fátima) e a Carioca, poderiam fazer uma nova estação - LAPA.

      Excluir
    3. Por que seria, Miguel? O fluxo de passageiros seria enorme, pois é o bairro boêmio do Rio, ainda agregaria boa parte da população de Santa Teresa.

      Excluir
    4. Edmar, o projeto original de 1968 (http://metrodorio.blogspot.com/2016/05/cronograma-da-linha-2.html) previa a Estação Santo Antônio entre a Estação Praça da Cruz Vermelha e a Estação Carioca.

      Já em 1970, esta estação já aparecia descartada devido á sua proximidade com estações das Linhas 1 e 2.

      Não sou contra ter uma estação na Lapa e ela está prevista para fazer parte da Linha 4.

      Excluir
  3. É um absurdo utilizar um bilhão para se concluir um mera estação e lançar a pedra fundamental de outra. Ele simplesmente não fará nada de novo no metrô. Um absurdo completo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também acho muito dinheiro para isso. Cadê o dinheiro que a polícia apreendeu na Lava-Jato para concluir a Estação Gávea?

      Excluir
  4. Metrô é um transporte que as obras não podem parar nunca!

    ResponderExcluir
  5. É inadmissível uma metrópole mundial como o Rio de Janeiro não ter estações de metrô nos seus aeroportos nem na Rodoviária.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo plenamente. São Paulo está anos luz na nossa frente.

      Excluir